sexta-feira, 8 de maio de 2015

Araucarian Blackmail

Corre à boca pequena pela capital paranaense que o governador atual não é tão incompetente ou burro quanto parece. É que, segundo se conta, ele estaria sendo pesadamente chantageado, inclusive por membros de seu primeiro escalão. Assim, o seu governo desastroso assim o seria porque ele tem que aturar tudo, ou quase tudo, para pagar os chantagistas... Pagar com o erário, é claro, isto é, com o meu e o seu dinheiro, aquele que suamos para conseguir a duras custas. 

O objeto da chantagem seria um grave erro do passado, do tempo em que era apenas prefeito da capital e que envolveu um acidente e mortes. 

Até um certo momento, a sua participação era referida apenas em ambientes fechados, entre sussurros. Hoje, com a revolta que cresce contra o senhor governador, não apenas no Paraná como em todo o país, as línguas vão se afrouxando... No Facebook, há quem comece a falar nisso abertamente.  

Mas, será mesmo verdade? E de que acidente se fala, afinal? Você sabe? 

Talvez isso não seja sério. Quem sabe não passe de uma grande fantasia... uma forma de criar uma novela policial para dar um tom de mistério a um governo que afunda dia a dia, mais por inequívocos atos burlescos do que por suposições trágicas. Talvez, talvez. Há quem defenda essa tese. 

Já eu não ponho a mão no fogo por ninguém, muito menos pelo atual inquilino do Palácio Iguaçu. Jamais compraria um carro usado dele. O sujeito não parece confiável e, depois do que aconteceu no dia 29 de abril, mostrou que, além de tudo, é covarde. Manda a polícia bater em gente desarmada e se esconde. Com certeza, quando criança, era daqueles moleques que jogava pedra e se escondia atrás do pai. E o pai era também político, dizem que honesto e correto... Será um caso raro em que a semente caiu longe do pé? 

Nenhum comentário:

Postar um comentário