sexta-feira, 17 de abril de 2015

Paraná recebeu R$ 25 milhões de Vaccari e Veneri é a surpresa da lista

Veneri e Odebrecht têm ligações
perigosas, segundo o Ucho.info
Segundo informações que rodam livremente por aí, Vaccari repassou algo em torno de R$ 25 milhões para os petistas do Paraná nos últimos 4 anos. Gleisi Hoffmann, que concorreu ao governo do estado em 2014 e não decolou, teria levado a maior parte (R$ 18 milhões), mas Enio Verri, Zeca Dirceu (filho do Zé Dirceu), Tadeu Veneri, Pericles Mello e Professor Lemos também levaram algum. Além de André Vargas, é claro. 

Não se pode, porém, afirmar com certeza se o dinheiro veio dos esquemas da Petrobras, mas há indícios que isso pode ter acontecido. O fato é que as empresas envolvidas no escândalo foram generosas financiadoras de campanhas petistas. 

Para o site Ucho.info, a grande surpresa da lista é Veneri, que gozaria de boa imagem, apesar de várias suspeitas pairarem sobre sua cabeça. Ele teria usado de forma irregular verbas de gabinete e também, segundo a mesma fonte, seria muito amigo do pessoal da Odebrecht: ele teria sido o único candidato a deputado estadual a receber uma ajudinha da empresa de R$ 213 mil. 

Está ficando cada vez mais difícil acreditar que há gente honesta no PT. E quando a gente descobre alguém, fica sabendo que está já saindo do partido. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário