sexta-feira, 17 de abril de 2015

Dilma proíbe companheiros de defender Vaccari

Descubro que a presidente Dilma nunca gostou do Vaccari, o tesoureiro petista algemado e preso nestes dias. Há tempos, segundo Lauro Jardim, do Radar Online da Veja, a própria Dilma teria dito ao presidente do partido, Rui Falcão, que era urgente defenestrar Vaccari da diretoria financeira. Já outras fontes dão informações de que ela queria tirá-lo do partido e que não podia vê-lo sem sentir ânsias de vômito.

Falcão não ouviu a presidente e não apenas o deixou onde estava como resolveu que defendê-lo era questão de honra para o partido. Deu no que deu.

Dilma, por sua vez, parece ter reunido recentemente os “companheiros” do ministério e determinado que ninguém deveria defender Vaccari, que parece ter uma história de participação em muitos esquemas, tendo, inclusive lesado trabalhadores que compraram imóveis via sindicado dos bancários de SP. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário