terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

Minúsculas e Maiúsculas no Novo Acordo Ortográfico (emprego de iniciais maiúsculas e minúsculas)

Situações em que o emprego da letra minúscula é utilizado:

1) Nos nomes dos dias, meses, estações do ano. Exemplos: novembro, outono, quarta-feira etc.

2) Nos nomes de livros e filmes, depois da letra inicial maiúscula ser empregada no primeiro elemento. Exemplos: O caçador de pipas, A lição final, Na sala de aula com a sétima arte etc.

3) Nas utilizações de fulano, sicrano, beltrano. Exemplos: Ele disse que o fulano não quer mais falar sobre este assunto.

4) Nos pontos cardeais, porém suas abreviaturas devem ser em maiúsculas. Exemplos: norte, sul, leste etc.


Quando a letra maiúscula é indispensável:

1) Nos nomes próprios de pessoas reais ou fictícias. Exemplos: João Antônio; Chapeuzinho Vermelho, Dom Quixote etc.

2) Nos nomes próprios de lugar real ou fictício. Exemplos: São Paulo, Rio de Janeiro, Maputo, Atlântida etc.

3) Nos nomes de seres que recebem ou adquirem nomes humanos ou mitológicos. Exemplos: Adamastor, Netuno, entre outros.

4) Nos nomes que designam instituições. Exemplos: Instituto Ayrton Senna, Instituto Paulo Freire, entre outros.

5) Nos nomes de festas e festividades. Exemplos: Natal, Páscoa, Todos os Santos, entre outros.

6) Nos títulos de periódicos, que não apresentam itálico. Exemplos: O Estado de São Paulo, Vale Paraibano, entre outros.

7) Nos pontos cardeais quando empregados sozinhos. Exemplos: Norte, por norte de Portugal; Meio-Dia, pelo sul da França ou de outros países; Ocidente, por ocidente europeu; Oriente, por oriente asiático, entre outros.

8) Em siglas, símbolos ou abreviaturas internacionais ou nacionalmente reguladas com maiúsculas, iniciais, mediais, finais ou o todo em maiúsculas. Exemplos: FAO, NATO, ONU; H­2O, Sr., V. Ex.ª, entre outros.

Palavras que aceitam tanto iniciações com letras maiúsculas como minúsculas. Veja-as a seguir:

1) Nas formas de tratamento de cortesias, expressões de reverência, títulos honoríficos e palavras sagradas, estas opcionalmente também com maiúscula. Exemplos: doutor, bacharel, cardeal, santa Maria, entre outros.

2) Nos nomes que designam domínios do saber, cursos e disciplinas, opcionalmente, também com maiúscula. Exemplos: português, Matemática, línguas e literaturas modernas, entre outros.

3) Em palavras usadas com reverência, palácios ou que denota hierarquia e nomes de ruas. Exemplos: rua ou Rua da Liberdade, igreja ou Igreja do Bonfim, palácio ou Palácio da Cultura, edifício ou Edifício Azevedo Cunha, entre outros.

No Novo Acordo Ortográfico, a letra maiúscula também pode ser empregada para dar destaque às sentenças que se desejar, tal como ocorre em nomes de filmes, livros e títulos de artigos e afins.

Fontes: http://www.portaldalinguaportuguesa.org/index.php?action=acordo&version=1990

Nenhum comentário:

Postar um comentário