segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

Duas fases

(fazer para lembrar, descansar para esquecer)



Depois de anos, aprendi:
a vida tem duas fases.


De início,
é viver,
viver bastante,
desejar, amar
amar, desejar.


Para depois lembrar,
na maturidade.

(é o que imaginava)


Mas,
na maturidade,
entendi que, 
no fim de tudo,
a vida é esquecer
e descansar.


Até a hora do adeus,
ficar sem memória,
sem desejo,
sem nada.

Descobrir
Que o recheio da vida,
afinal,
é completamente banal.


E que, só assim,
tudo tem início
e também um fim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário