sexta-feira, 18 de outubro de 2013

Você sabe protestar? Aqui, algumas dicas


Manual didático do governo para mostrar como você, carneirinho e ovelhinha, devem se manifestar nas ruas. 

Resumindo: seja ordeiro, cidadão, para os governos que conhecemos, se resume a ser aquele idiota que não fuma, mas quando o faz, joga não guimba de cigarro no chão. Ou aquele outro parvo que forma seu senso crítico através do jornalismo da TV Globo. No caso, siga o conselho de Raul Seixas na música "Só pra variar": seja burro e não sofra tanto. 

Proteste em casa, quieto, é mais seguro. Ou abra uma cerveja e esqueça essa ideia tosca de protestar ou querer uma vida melhor. Se for a um bar, cuidado, a PM pode aparecer e jogar gás e pimenta lá dentro, como fez na Praça São Salvador, em Laranjeiras, no Rio de Janeiro. 

Se a polícia aparecer apanhe calado, pois eles sempre têm razão. Inclusive costumam executar pessoas pelas costas e depois registram a ocorrência como "Auto de Resistência". São gente muito boa, usam fardas e são julgados em tribunal especial. Logo, dizem por aí, podem fazer o que bem quiserem que fica tudo bem no final das contas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário