terça-feira, 4 de setembro de 2012

PT, Partido dos Trabalhadores ou POT, Partido que Odeia os Trabalhadores?



Pergunta: Quem paga mais Imposto de Renda?
Resposta: Você, trabalhador.
 Há tempos que tem se clamado contra a taxação absurda que o Imposto de Renda impõe sobre boa parte da população, essa camada extensa e larga que se conhece genericamente por “classe média”. Pois o jornal Valor Econômico publicou recentemente matéria que fala exatamente sobre isso. E o quadro é assustador, bem pior do que se pensava.

Diz a matéria que, “Segundo levantamento realizado pela consultoria Ernst & Young Terco, se os valores da tabela tivessem sido corrigidos de acordo com a inflação entre 1998 e 2011, uma pessoa com salário base de R$ 4.465 pagaria hoje 44% menos de Imposto de Renda. A gula do Leão é tão grande que, nesses 13 anos, o total de tributos pagos pelos trabalhadores aumentou 369,8%, passando de R$ 14,6 bilhões para R$ 68,8 bilhões em termos absolutos. Quando descontada a inflação do período, de 134,2%, o salto no IR sobre a renda do trabalho foi de 100,6%”. Pois é, isso é um acinte.

O mais interessante, ainda segundo o jornal, é que, com isso, o poder de compra cai e a economia emperra. A conta, como sempre, cai sobre quem trabalha, nunca sobre quem especula. Ora, o governo do PT está aí há dez anos e a situação somente piorou nesse tempo. Em outras palavras, se os salários tiveram ganhos, o imposto come tudo. Isso significa que o governo brasileiro odeia a população trabalhadora. Mas o governo não está nas mãos do Partido dos Trabalhadores? Quem sabe não se deva incluir entre o P e o T do PT o verbo “Odeia”: falamos, então, do “Partido que Odeia os Trabalhadores”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário