sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Mercado e Teologia, por Dany-Robert Dufour



"Quero dizer que a invenção do Mercado por Adam Smith remete à teologia. Seguramente, muitos me reprovarão por afastar-me das belas e nobres questões teológicas, ontológicas e metafísicas para corrompe-las com a política, ver – supremo opróbrio – com a economia. Responderei simplesmente que não se entenderia nada a essa invenção do Mercado, que domina hoje o mundo, se não se percebesse que ela se inscreve plenamente nas problemáticas da Providência, quer dizer no modo pelo qual Deus governa a criação, propondo-se como alternativa ao antigo governo da cidade dos homens que funcionava a partir do modelo da Cidade de Deus. Falando claro, talvez fosse o momento de perceber que o capitalismo procede ele mesmo de uma metafísica cuja potência não precisa mais ser demonstrada porque conseguiu tomar conta do mundo".

Nenhum comentário:

Postar um comentário